Deixe seu Crysis 2 ainda mais bonito com este incrível MOD – BlackFire Mod 2

13 07 2011

Por Henrique Neto.

Apresentação:

Ainda não satisfeito com o Patch DirectX 11? Esperava mais?
Ainda acha que Crysis 2 tem um potencial gráfico maior do que foi demonstrado até agora? Está na expectativa de algo que cause uma mudança realmente significativa no visual do jogo?
Eis aqui o que todos aguardavam.

Após 2 meses de desenvolvimento, o conhecido mod de Crysis 1, BlackFire’s Mod está de volta, agora com um visual totalmente novo, voltado para aproveitar o que a CryEngine 3 tem de melhor em termos de Iluminação, somado com a beleza dos recursos Dx11.

Cores vivas, sombras mais detalhadas, juntamente com uma iluminação reformulada, torna BlackFire’s Mod 2 uma experiência que faz você não acreditar que sua máquina é capaz de reproduzir.
Continue lendo »

Anúncios




Crysis 2 com DirectX 11. Godlike?

6 07 2011

Por Henrique Neto.

Você era um daqueles que reclamava que Crysis 2 foi “nerfado” pra rodar nos consoles?
Reclamava que as texturas eram borradas?
Achava que Crysis 1 era infinitamente superior?

Pense denovo!

Say hello to my little friend.

Sim…
Depois de muito tempo enrolando, a Crytek finalmente liberou o patch de texturas em alta definição e suporte ao DirectX 11.
Resultado? Crysis 2 virou Crysis 2 e meio.
Para alguém como eu que já havia encerrado Crysis 2, jogar o jogo com o novo patch é praticamente jogar um jogo novo.
Os novos efeitos de iluminação, motion blur e particulas são simplesmente impressionantes e vão agradar sem dúvidas, até os “graphics whore” players mais exigentes com os gráficos.


A boa notícia porém é que você não precisa de um PC da NASA ou pica das galaxias TOP de linha para rodar o jogo com todas as firulas ativadas.
São elas:

Tessellation + Displacement Mapping / Parallax Occlusion Mapping
– Durante TODO O JOGO você nota que paredes, chão, entulhos, sacos de lixo, TUDO tem algum dos recursos acima! É incrível como foi bem detalhado isso no jogo.
Andando pela fase, meio do tiroteio ou se escondendo, você praticamente vê esses detalhes! Até aquelas parede mais simples conseguem ter DM (Displacement Mapping), já o uso de Tessellation é visto nas paredes de tijolos, nos braços de alienigenas, entulhos de concreto na cidade…etc.

HDR – Nível de sombras – Bokeh Depth of Field – Reflexos Real Time
– Nivel de HDR está de fazer qualquer um babar! Finalmente foi feito da maneira como gostaríamos com os efeitos e QUALIDADE que vimos no Crysis 1. Em qualquer parte do jogo, vc percebe o efeito melhorado.
– A qualidade das sombras também surpreende pelo nível de DETALHE e que de fato superam até o Crysis 1!
– Bokeh Depth of Field está inpecável com uma qualidade notável que acho que fica só no mesmo nível do Metro 2033.
– Reflexos Real Time, algo que ficou faltando no Crysis 2 e que agora veio pra valer! Em várias partes do jogo você percebe o quanto bem feito é esse efeito. Carros, janelas, metais, vidros, tem reflexos perfeitos! É um detalhe para muitos, mas pra quem quer qualidade isso faz diferença! Você pode estar escondido próximo a um carro que consegue ver o ínimigo se aproximando, ou o reflexo das chamas por exemplo… bacana demais!

VISUAL REALISTA
– Uma das coisas que faltou no Crysis era o “visual realista”. Ao jogar o Crysis 2 com Dx11 você na hora percebe mudanças nas cores (além das outras features), que finalmente dão aquela sensação de realidade.
Além dos ajustes na cores, o visual foi aprimorado pela distância em sua visibilidade e de novos detalhes, como por exemplo na cidade destruida como vcs podem ver AQUI.

Particulas! Um explosão de detalhes!
Muitos detalhes vão te surpreender com o Crysis 2 DX11, mas um certamente vai ser as partículas.
Melhoraram MUITO, digo MUITO MESMO a quantidade de particulas no Crysis 2.
Nos tiroteis, explosões e animações, tudo está mais rico na qualidade de partículas voando, dando ainda mais uma imersão aos gráficos.

TEXTURAS
O que muita gente reclamou, foi FINALMENTE MELHORADO! As texturas estão em sua maioria BEM MELHORES, não pra negar.
O patch de 1.7gb é mais do que suficiênte para deixar claro que o trabalho foi sério.
Quem já curtiu Crysis 2 vai notar as texturas estão em alta qualidade e bem mais detalhadas, algo que realmente ficou devendo depois do Crysis 1/Warhead. Claro que o jogo não vai tem 100% das texturas em HD, até porque não tem SENTIDO em fazer isso em qualquer jogo (por questão de peso físico e performace), mas a sua maioria, assim como Crysis 1 (que também não tem 100% de textura HD), as texturas são maravilhosas e não deixam a desejar em nada.
OTIMIZAÇÃO
Acho que todo mundo (até aqueles com configurações entusiasta) temia a performance do Crysis 2.
Felizmente isso não vai ser problema! Crysis 2 é um exemplo de otimização, mesmo com 1 HD5870 e com todos esses recursos e features ligados em resolução de 1080p, a performance do jogo era quase sempre nos 50~60fps, sinal de que uma pessoa com uma GTX 460, HD5850 ou similar não vai ter problemas em rodar.
Isso só comprova que o DirectX 11 pode sim ser implementado da forma CERTA. Claro que isso não foi apenas em 3 meses de trabalho, quem acompanha o Crysis 2 sabe que desde março de 2010 a Crytek já falava a respeito do DirectX 11 na Cryengine 3, então era apenas uma questão de tempo deles terem o devido suporte.

O único requerimento é uma placa de video com suporte a DirectX 11 (obviamente) (duh).
Porém, ficar escrevendo aqui não adianta.
É mais facil mostrar, portanto, segue o video gravado rodando com todas as opções ativadas e em fullHD (1920×1080) e mais algumas imagens demonstrando os novos efeitos.

Imagens:






Para baixar os packs, basta acessar o link clicando aqui.
Não esqueçam de comentar, assinar nosso FeedRSS, acessar nosso forum e nos seguir no twitter.





Unboxing: XFX Radeon HD5970.

24 05 2010

Por Henrique Neto.

Salve galerinha.
Como vocês que sempre acompanham o blog porquê o o amam incondicionalmente já sabem, a um tempo atras, um amigo meu resolveu fazer um upgrade BÁSICO no seu PC.
O tal upgrade basico se resume em comprar tudo novo. Sim. Tudinho…
Na lista do rapaz constava um Core i7 920, 6gb DDR3 G.Skill série Pi e é claro, a melhor placa de video disponível na época (e no presente momento também), ou seja, uma Radeon HD5970.

Como já é de costume da ATI, a placa vem recheada de extras, sendo a principal dela, o ATI Eyefinity, que permite a utilização de até três monitores com somente uma placa, existindo também uma versão batizada de Eyefinity 6, que permite a conexão de 6 monitores.
Além disso, por se tratar de uma placa de video “Black Edition” da XFX, ela também acompanha um software que lhe permite configurar as voltagens da GPU (processador de video), e assim, alcançar um overclock mais alto (além dos 725/1000 padrões de fabrica).

Seis monitores com apenas uma placa.

Algo que vale ressaltar é que a Radeon HD 5970, nada mais é do que DUAS Radeon HD 5870 com clocks reduzidos, ou seja, todos os 1600 Shadders (a.k.a. Stream processors) e todas as outras especificações da HD 5870 estão presentes.  “Problema” este que pode ser resolvido com um overcróqui overclock não tão básico, muita coragem e alguns ajustes de voltagem. Se você conseguir manter a placa fria o suficiente, é possivel alcançar clocks de até 1ghz nas duas GPUs. Algo monstruoso na minha humilde opinião.

XFX Overvolt Tool - "Empurre" sua HD 5970 um pouco mais...

Infelizmente não tenho como postar nenhum benchmark com a placa pois não a possuo e a XFX é malvada e não manda placas para “zé-ninguems”, porém, segue para vocês um site (em inglês) com uma série de benchmarks da HD 5970 a comparando-a com as novas GTX 400 da nVidia.

Clique aqui para benchmarks (site em ingles)

E enfim galera.
Chega de escrever aqui.
Deixo vocês com o unboxing e não esqueçam que agora a PC Pwnage tem um broadcast ao vivo (que por sinal está no ar neste exato momento).

Aproveito também para deixar meu agradecimento ao meu amigo SAMIR pela colaboração e pela paciencia de gravar todos esses videos.

PC Pwnage – Unboxing XFX Radeon HD 5970 Black Edition

Abraços a todos e não esqueçam de comentar/assinar nosso feed RSS e assistir nosso broadcast ao vivo!





ANUNCIO: Vencedores do Giveaway Battlefield: Bad Company 2 Beta-Keys

13 02 2010

Por Henrique Neto

Pois é galera militaristica.
Depois de uma semana agitadissima, finalmente tive tempo de ler todos os vários comentários que recebi no Primeiro Giveaway PC Pwnagico e selecionar o ganhadores.

Infelizmente, não é possível premiar todos com uma beta-key, até porque eu não cago não tenho muitas beta-key.
Outro detalhe que impediu algumas pessoas de ganhar a tão sonhada beta-key foi o fato de não postarem seus nomes completos ou e-mails, impossibilitando assim, a seleção e/ou envio da mesma.

Peço desculpas aos que não ganharam por esse motivo, porém, não há nada que eu possa fazer. :/


Enfim…
Chega de escrevitório falatório.
Vamos ao que interessa, aka lista de ganhadores.

– Leandro Schuster
– Marion Cobretti
– Gustavo Walendowsky
– Xekeboa (leitor internacional)
– Leonardo Chung
– Rui Pedro Silva (direto da terrinha a.k.a. Portugal)
– Lucas Lourenço
– Leo Yokota
– André Silva
10º– Vinicius Roberto
11º– Nicolas Frenay (Chave “brinde“)

*Caso você seja um dos ganhadores e ainda não recebeu sua beta key, deixe um comentário me avisando (descriminando seu NOME  e E-MAIL novamente para eu poder lhe re-enviar a beta-key)*

É isso ae galera.
Parabéns aos ganhadores! 🙂
As respectivas beta-keys serão enviadas via e-mail, portanto, fiquem ligados em suas caixa de entrada de vocês ou então, na caixa de SPAM, porque vocês sabem como esses e-mails de merda de hoje em dia são certo?

Abraços a todos e minhas desculpas aos que não ganharam as beta-keys, principalmente aos que deixaram comentários bons porém esqueceram algum detalhe como o nome ou o e-mail.

AH! E não esqueçam de comentar/assinar meu FeedRSS.





Video Comentado + Giveaway? OMG! Bad Company 2 BETA.

7 02 2010

Fala galera guerrilheira!

Isso mesmo.
Após tanto tempo sem postar nada aqui, principalmente por causa de Mass Effect 2 (SUPREMO) e Bad Company 2, resolvi fazer um post para anunciar o PRIMEIRO GIVEAWAY PCPWNAGICO.

ISSO MESMO! GIVEAWAY! 😀
O primeiro giveaway PCPwnagico será de 10 beta-keys funcionais e únicas para o Battlefield: Bad Company 2.

O que você precisa fazer para ganhar uma beta-key?
Ora caro leitor, é simples…
Basta deixar um comentário criativo/interessante/de apoio ao blog e dizendo o “porque” de você merecer uma beta-key e . DICA: Quem assinar o feedRSS tem mais chances de ganhar 😉
O “resultado” dos vencederos será anunciado atravéz de um post direto no blog, portanto, não esqueçam de visitar o blog para conferir se você foi um dos sorteados.
Volto a ressaltar a importancia importante de você informar seu nome completo e um e-mail de contato (que será editado, salvo e apagado no momento em que eu receber o comentário).

Enfim…
Giveaway explicado, vamos ao que interessa menos.
Battlefield Bad Company 2 é a nova tentativa da EA/DICE de reviverem a franquia Battlefield que andava meio “em baixa” após o lançamento do famoso Call of Duty: Modern Warfare 2 (CoD4 pros intimos).

Na opinião deste pobre mortal deste rapaz, MISSION ACCOMPLISHED missão cumpriada.
EA/DICE conseguiram se superar e por assim dizer, dar um novo “gas” a franquia Battlefield.
As inovações vistas no Beta do Bad Company 2 são sensacionais.
Cenários que podem ser completamente modificados/danificados baseado nos estragos da batalha. Ou seja… É comum no meio de uma partida, uma casa que faz parte do cenário ser totalmente destruiada devido a tiros de tanque, granadas ou então o próprio chão se encher de cratéras devido aos ataques de morteiro lançados pelos atirados de gayelite.

A parte grafica é boa, porém inferior ao esperado.
Porém, o detalhamento das texturas é impressionante. Até o medkit que o médico usa tem texturas detalhadas, fazendo você pensar se todo esse detalhismo era realmente necessário.
Infelizmente no Beta, o DirectX 11 parece não funcionar, porém, a build utilizada no BETA é uma build mais antiga e mais estavel (imagina se não fosse…) e não otimização para CPUs multi-core e não roda com a performance que se esperaria de uma placa de video TOP.

Port Valdez - Unico, porém gigante mapa do BETA.

Port Valdez - Unico, porém gigante mapa do BETA.

A parte sonora do jogo dá um show a parte.
O cuidado investido na parte sonora do jogo consegue por si só, te envolver de forma que você chegue a abaixar a cabeça quando você ouve o assobio de uma bala voando atras de você (sim, eu fiz isso), e para melhorar, o jogo suporta Dolby Digital 5.1, ou seja, espere qualidade de som suprema e surrando divino.

Bom…
Chega de bla bla bla escrito.
Deixo com vocês agora o video comentado e peço desculpas antecipadamente pelo volume do microfone, porém, a mula aqui esqueceu esqueci de verificar o volume do microfone e acabou que a gravação da minha voz saiu muito baixa.

PC Pwpange – Video Comentado – Battlefield: Bad Company 2

E é isso ai galerinha.
Abraços a todos.
AH! E se você quer participar do giveaway, não esqueça de comentar/assinar meu feed RSS.





Video Teste Comentado: ATI Eyefinity.

18 01 2010

Por Henrique Neto

É isso ai galera pczera.
Final de semana sem muitos planos e com bastante tempo livre realmente pode render maravilhas…

Finalmente tive tempo de brincar um pouco mais testar minha placa nova, a Radeon HD5870.
Não testar a performance dela propriamente dito, mas sim testar as “funções extras”, ou seja, o Eyefinity (que tem sido um dos grandes argumentos de venda da ATI além do DirectX 11) e o GPU Encoding (conversão de videos utilizando a GPU ao invez da CPU), este porém, será assunto para um post futuro.

ATI Eyefinity


Sim sim galera do mal, finalmente tive a chance de ligar mais de um monitor da minha amada 5870 para fazer alguns testes tanto de performance como de “usabilidade”.

Quanto a configuração, não ha muito o que dizer e nem muitas palavras pra definiar além de retardada simples.
Tudo que você precisa fazer é ligar os monitores na placa de video, abrir o Catalyst Control Center, entrar na opção Desktop & Display, clicar na setinha preta no canto do desenho na tela e selecionar Creat Group. Voila (aportuguesando: Vualá). Os dois monitores são configurados e tudo que você precisa fazer em seguida é ajustar de que lado (ou posição) os monitores se encontram.

Basta meia duzia de cliques e pronto. É só se divertir.

Primeiramente, devo dizer que a performance com dois monitores de 22 polegadas rodando a 3360×1050 realmente me impressinou, demonstrando queda média de apenas 10 fps na maioria dos jogos testados (Dragon Age: Origins, Left 4 Dead 1 e 2, Crysis, Far Cry 2 e DiRT 2 obviamente), ou seja: totalmente aceitável considerando que a resolução foi praticamente dobrada.

Desculpe pela qualidade mas as baterias da minha camera "boa" estavam mortas...

Segundamente Quanto a “usabilidade”,como vocês podem ver na foto acima, e ai em cima na parte de cima o campo de visão do desktop é ampliado absurdamente. Se formos comparar com as TVs de LCD que temos por ai hoje em dia, o campo de visão lateral equivale a uma tv de 44 polegadas (desconsiderando as bordas dos monitores).

Dragon Age: Origins + Eyefinity = Campo de visão gigantesco.

Infelizmente não tive a chance de testar a configuração como ela DEVE ser utilizada, ou seja, com três monitores (se alguem quiser me doar um monitor de 22″ LCD eu aceito tá?) mas mesmo com 2 monitores, para alguns jogos, como é o caso do Dragon Age: Origins (utilizado para demonstração nos videos no final do post) ou então em jogos de estratégia, do grego: estrategia, a configuração com dois é monitores é suficiente e as bordas dos monitores não chegam a atrapalhar.
Mas como vocês sabem, nem tudo são rosas. A configuração com 2 monitores é simplesmente inutil para jogos em primeira pessoa.

Jogos em primeira pessoa - Se não fosse pelas bordas dos monitores......

Por que titio Neto?
Ora… É simples criança juvenil! A mira dos jogos fica EXATAMENTE na borda dos monitores, ou seja: Ou você tem que ser O NINJA da mira pra conseguir mirar corretamente ou então você vai acabar como eu… Com uma baita dor de cabeça e com a vista doendo.
Temos que levar em consideração também que muitos dos jogos mais antigos (anteriores ao lançamento das novas HD5000) não tem suporte nativo ao Eyefinity, então, para estes jogos você, ou terá que aguardar a ATI lançar patches que corrijam isso ou então o próprio jogo ser atualizado para suportar tal função, porém, nada que uma boa pesquisada no DEUS Google não resolva.

Enfim galera.
Chega de escrever…
Deixo com vocês os videos comentados.
Qualquer dúvida, não se acanhem em deixar um comentário!

PC Pwnage – Teste do ATI Eyefinity na Radeon HD5870

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Abraços a todos, espero que vocês tenham gostado dos video e não esqueçam de comentar/assinar meu feed RSS.





nVidia FERMI finalmente “dá as caras”…… E eu também!

13 01 2010

Por Henrique Neto

Pois é galera, a Fermi finalmente deu as caras e dessa vez, não é uma placa “morta” como a anteriormente demonstrada.
A placa exibida pela nVidia na CES deste ano era um “protótipo” funcional e a galera da nVidia até resolveu demonstrar um a placa rodando o benchmark DirectX11 da Unigine A.k.A. Heavens Benchmark.

Não! Você não está bebado. a placa está na vertical mesmo.

Enfim.
O que se pode ver na CES é que a placa neste estagio de desenvolvimento ainda roda quente e é barulhenta, porém, a mesma ainda não se encontra em estágio final de produção e com certeza o produto final deverá sofrer algumas modificações (pelo menos é o que se espera).
Sabe-se também que as novas placas da nVidia terão suporte para 3 monitores (não sabe-se ainda quais serão as conexões disponíveis) e também ofereção suporte a “nova” tecnologia que a nVidia chama de 3D Vision Surround. Um doce pra quem adivinhar o que faz.

Agora além de UM monitor de 120hz, você vai precisar de TRÊS!

AH! Além dos 3 monitores de 120hz, você vai precisar dos oculos geek também!

Pois é.
Mas nem tudo são rosas.
Segundo várias fontes from teh interwebz da internet, a “nova” tecnologia ainda precisa de aperfeiçoamentos e ajustes. Na primeira imagem, foi utilizado o jogo AVATAR e as telas utilizadas foram três monitores de 24 polegadas conectados.
O problema é: o jogo mal rodava a 30fps, dai o primeiro comentário sobre os drivers precisarem de ajuste.

Na segunda imagem, difernete do que você caro leitor está pensando, a placa responsável pela demonstração não era uma GF100 (ou GT300 ou Fermi) e sim DUAS GTX 285 conectadas em SLI.
Convenhamos… 30FPS para duas GTX 285 é pouca coisa, principalmente sabendo que uma HD5870 consegue rodar jogos em resoluções “maiores”  com mais frames por segundo, porém, é legal saber que tal tecnologia da nVidia será retrocompatível.

ATI Eyefinity – Crysis Warhead 7680×1600

Enfim galera.
Post curtinho só para não deixar o blog morto e para informar a galera que pretende fazer um upgrade para DirectX 11 mas estava na espera das placas da nVidia.
É isso ae pessoal… Vocês estão um passo mais próximos.

Agora, dá licença que eu vou jogar DiRT2 com DirectX 11
Abraços a todos e não esqueçam de comentar/assinar meu feed RSS.