Champions Online – Primeiras Impressões

1 02 2011

Por Lemos.

Boa tarde pessoas (porque o meu horário é mais importante que o seu). Já ouviram falar de  Champions Online?

*-*

É sobre isso que pretendo falar (e muito)nesse post, Champions Online. Um MMO (Massively Multiplayer Online) de super heróis (para ser exatos, aqueles que você costuma ler em HQ‘s) que era pago e passou a ser free for all (felicidades)!Ou seja, porque não agarrar tal chance? Foi o que eu fiz, baixei ele hoje de manhã e tive a chance de joga-lo por algumas horinhas, o que me rendeu o suficiente para escrever minhas primeiras impressões.

Começando pela criação da conta, tive um pouco de dor de cabeça na hora de escolher um nome e tudo mais, mas logo o problema foi resolvido com alguns números (24). Após a criação da conta, fui entrar no jogo e logo tive de baixar um patch de atualização, coisa de 120mb. Isso é bom, porque mostra que o jogo está tendo suporte dos DEV’s e sendo atualizado.

 

É bom saber também, que os gráficos do jogo são "cel-shaded", ou seja, desenhados.

Depois de tudo, consegui entrar no jogo e tive a chance de criar meu personagem, ou melhor, meu super-herói (que coisa gay). Procedimento padrão: você escolhe seu sexo e depois uma das classes, e então, você vai para a parte legal. Cara, a customização desse jogo é P-E-R-F-E-I-T-A! Você pode criar desde um Goku até o Spider Man, muito show de bola! Passei horas me divertindo apenas criando meu personagem, só para ter uma idéia.

Após ter o personagem, estamos dentro do jogo, que se passa em Millennium City, uma cidade avançada por ai. No momento em que você entra no jogo, a cidade está sendo atacada por aliens, e você sendo um herói, tem que acabar com tudo (cadê o Ramirez?). A movimentação segue o padrão dos jogos, assim como os controles e interface gráfica, tudo ao seu alcance. Vale lembrar que a interface me parece bastante com a de LOTRO (Lord of The Rings Online), não só a interface, mas o jogo em si. O sistema de quests é simples, clicar no npc, ler um pequeno briefing e clicar em Accept, depois é só ir até o local indicado no mapa e realizar o que foi pedido e depois retornar para receber a recompensa (afinal, heróis são pagos aqui).

 

Poderes!

O começo do jogo, é na verdade uma intro para mostrar o que você vai encontrar pela frente, digamos que uma prévia, ou até um tutorial se quiser chamar assim. O que quer dizer isso? O mundo em que você começa, não é o mundo “principal” do jogo. Acredito que isso aconteça, para que se possa ser feita uma história melhor e para que tenha uma área inicial mais prática, elaborada e separada. Então, após você realizar várias quests nessa área, você é direcionado para a quest “final“, onde ocorrerá uma “passagem” do tempo e você irá parar no mundo principal (algo que acontece também em LOTRO), tudo seguindo uma linha de história muito bem feita.

Nessa quest “final“, é interessante notar que é introduzido ao jogador, a opção de você criar um “grupo” e levar amigos para realizar as quests em conjunto (ouvi dizer que o jogo inteiro é focado mais em co-op). No meu caso, encontrei um Australiano, conversamos um pouco (ele me ofereceu algumas dicas), e então fomos para a porrada juntos.

 

A interatividade com o cenário também é notável, nunca vi um jogo em que uma caixa de madeira possa fazer tanto estrago.

Após terminar a quest final, que era, resumida, um boss, fui levado para o mundo principal, que seria a Millennium City após a invasão de aliens, onde ela está passando por uma reconstrução (eu acho). E é a partir dai que o jogo começa a ficar realmente divertido, um mundo maior, várias quests novas, equipamento e diversos lugares para visitar. E é onde eu AINDA estou a explorar, ou seja, não falarei muito sobre a história e o que tem de legal nessa nova área, mas posso dizer que, pelo o que já vi, estou gostando bastante.

Termino minhas primeiras impressões agora, e pretendo voltar a jogar lá. Para quem quiser me encontrar, o nome de meu herói é Green Shadow. Abração!


Ações

Information

6 responses

1 02 2011
Vítor

Muito show, vou dar uma olhada mais pela frente.
Soube por meio de amigos meus que ele ficou de graça e parece ser interessante, ainda mais pelo visual que deixa mais cartunesco(?) a bagaça, diferente dos jogos atuais de hérois por aí

Pelas imagens o jogo não parece ser muito pesado, ou seria?
Abraços

1 02 2011
Lemos

Não é pesado não, rodou super bem aqui, considerando a resolução de 1280×1024 e AA de 4x, tudo máximo. Rodou com sobra pra muita coisa, acho que pode ficar seguro quanto a isso.

Abração

3 02 2011
Wislley

Parece legal vou começar a jogar .

3 02 2011
Henrique Neto

Do jeito que o lemos têm jogado isso, deve ser muito bom.

5 02 2011
Alexandre G. Romagnolo

Galera, o jogo é mto bom, bom mesmo… PRA QUEM TEM TEMPO ! Pois ele vai lhe consumir mtas horas fazendo quests e tentando descobrir tudo o que tem nele pq é mta coisa!

Bom post lemos !

14 02 2011
giovane

boa explicação,eu já iniciei e vim ler aqui depois de ter já jogado algumas hooooras nele e tá bem explicado mesmo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: