Morte? Abdução? Não! Mass Effect 2.

27 01 2010

Por Henrique Neto

Fala minha querida galera  MassEffecteira.
Postzinho curto e bem pequeno somente pra informar que NEM EU, NEM O BLOG morremos.
Fomos apenas abduzidos por uma força maior.

Caso vocês estejam se perguntando “Qual força maior titio Neto”, rolem a pagina para baixo…

Pois é galera.
Tive acesso antecipado ao jogo e devo dizer…
Se você gostou do primeiro Mass Effect da mesma forma que eu, você não vai sossegar até fazer todas as quests desse jogo. E sabe qual é a melhor parte?
O jogo é gigante. Ou seja… Horas e horas e horas de matança alienigena, exploração espacial e “pegação” com as suas subordinadas.
Prato cheio para um bom nerd gamer como eu.

Para quem não conhece: Parte da armadura do Cmd.Shepard e também capa da edição de colecionador, que infelizmente está esgotada a tempos....

Enfim galera, post somente para deixar vocês com um gostinho do que há de vir nos proximos dias, segue abaixo o video gravado by eu demonstrando os primeiros minutos do jogo.
Minha definição sobre tal?
A-FUCKING-MAZING Sensacional!!!
Não esqueçam de assistir em rai definixom High Definition 1080p, porque afinal, o jogo merece.

*SPOILER ALERT*
Mass Effect 2 Intro

Abraços a todos e não esqueçam de comentar/assinar meu feed RSS.





Video Teste Comentado: ATI Eyefinity.

18 01 2010

Por Henrique Neto

É isso ai galera pczera.
Final de semana sem muitos planos e com bastante tempo livre realmente pode render maravilhas…

Finalmente tive tempo de brincar um pouco mais testar minha placa nova, a Radeon HD5870.
Não testar a performance dela propriamente dito, mas sim testar as “funções extras”, ou seja, o Eyefinity (que tem sido um dos grandes argumentos de venda da ATI além do DirectX 11) e o GPU Encoding (conversão de videos utilizando a GPU ao invez da CPU), este porém, será assunto para um post futuro.

ATI Eyefinity


Sim sim galera do mal, finalmente tive a chance de ligar mais de um monitor da minha amada 5870 para fazer alguns testes tanto de performance como de “usabilidade”.

Quanto a configuração, não ha muito o que dizer e nem muitas palavras pra definiar além de retardada simples.
Tudo que você precisa fazer é ligar os monitores na placa de video, abrir o Catalyst Control Center, entrar na opção Desktop & Display, clicar na setinha preta no canto do desenho na tela e selecionar Creat Group. Voila (aportuguesando: Vualá). Os dois monitores são configurados e tudo que você precisa fazer em seguida é ajustar de que lado (ou posição) os monitores se encontram.

Basta meia duzia de cliques e pronto. É só se divertir.

Primeiramente, devo dizer que a performance com dois monitores de 22 polegadas rodando a 3360×1050 realmente me impressinou, demonstrando queda média de apenas 10 fps na maioria dos jogos testados (Dragon Age: Origins, Left 4 Dead 1 e 2, Crysis, Far Cry 2 e DiRT 2 obviamente), ou seja: totalmente aceitável considerando que a resolução foi praticamente dobrada.

Desculpe pela qualidade mas as baterias da minha camera "boa" estavam mortas...

Segundamente Quanto a “usabilidade”,como vocês podem ver na foto acima, e ai em cima na parte de cima o campo de visão do desktop é ampliado absurdamente. Se formos comparar com as TVs de LCD que temos por ai hoje em dia, o campo de visão lateral equivale a uma tv de 44 polegadas (desconsiderando as bordas dos monitores).

Dragon Age: Origins + Eyefinity = Campo de visão gigantesco.

Infelizmente não tive a chance de testar a configuração como ela DEVE ser utilizada, ou seja, com três monitores (se alguem quiser me doar um monitor de 22″ LCD eu aceito tá?) mas mesmo com 2 monitores, para alguns jogos, como é o caso do Dragon Age: Origins (utilizado para demonstração nos videos no final do post) ou então em jogos de estratégia, do grego: estrategia, a configuração com dois é monitores é suficiente e as bordas dos monitores não chegam a atrapalhar.
Mas como vocês sabem, nem tudo são rosas. A configuração com 2 monitores é simplesmente inutil para jogos em primeira pessoa.

Jogos em primeira pessoa - Se não fosse pelas bordas dos monitores......

Por que titio Neto?
Ora… É simples criança juvenil! A mira dos jogos fica EXATAMENTE na borda dos monitores, ou seja: Ou você tem que ser O NINJA da mira pra conseguir mirar corretamente ou então você vai acabar como eu… Com uma baita dor de cabeça e com a vista doendo.
Temos que levar em consideração também que muitos dos jogos mais antigos (anteriores ao lançamento das novas HD5000) não tem suporte nativo ao Eyefinity, então, para estes jogos você, ou terá que aguardar a ATI lançar patches que corrijam isso ou então o próprio jogo ser atualizado para suportar tal função, porém, nada que uma boa pesquisada no DEUS Google não resolva.

Enfim galera.
Chega de escrever…
Deixo com vocês os videos comentados.
Qualquer dúvida, não se acanhem em deixar um comentário!

PC Pwnage – Teste do ATI Eyefinity na Radeon HD5870

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Abraços a todos, espero que vocês tenham gostado dos video e não esqueçam de comentar/assinar meu feed RSS.





nVidia FERMI finalmente “dá as caras”…… E eu também!

13 01 2010

Por Henrique Neto

Pois é galera, a Fermi finalmente deu as caras e dessa vez, não é uma placa “morta” como a anteriormente demonstrada.
A placa exibida pela nVidia na CES deste ano era um “protótipo” funcional e a galera da nVidia até resolveu demonstrar um a placa rodando o benchmark DirectX11 da Unigine A.k.A. Heavens Benchmark.

Não! Você não está bebado. a placa está na vertical mesmo.

Enfim.
O que se pode ver na CES é que a placa neste estagio de desenvolvimento ainda roda quente e é barulhenta, porém, a mesma ainda não se encontra em estágio final de produção e com certeza o produto final deverá sofrer algumas modificações (pelo menos é o que se espera).
Sabe-se também que as novas placas da nVidia terão suporte para 3 monitores (não sabe-se ainda quais serão as conexões disponíveis) e também ofereção suporte a “nova” tecnologia que a nVidia chama de 3D Vision Surround. Um doce pra quem adivinhar o que faz.

Agora além de UM monitor de 120hz, você vai precisar de TRÊS!

AH! Além dos 3 monitores de 120hz, você vai precisar dos oculos geek também!

Pois é.
Mas nem tudo são rosas.
Segundo várias fontes from teh interwebz da internet, a “nova” tecnologia ainda precisa de aperfeiçoamentos e ajustes. Na primeira imagem, foi utilizado o jogo AVATAR e as telas utilizadas foram três monitores de 24 polegadas conectados.
O problema é: o jogo mal rodava a 30fps, dai o primeiro comentário sobre os drivers precisarem de ajuste.

Na segunda imagem, difernete do que você caro leitor está pensando, a placa responsável pela demonstração não era uma GF100 (ou GT300 ou Fermi) e sim DUAS GTX 285 conectadas em SLI.
Convenhamos… 30FPS para duas GTX 285 é pouca coisa, principalmente sabendo que uma HD5870 consegue rodar jogos em resoluções “maiores”  com mais frames por segundo, porém, é legal saber que tal tecnologia da nVidia será retrocompatível.

ATI Eyefinity – Crysis Warhead 7680×1600

Enfim galera.
Post curtinho só para não deixar o blog morto e para informar a galera que pretende fazer um upgrade para DirectX 11 mas estava na espera das placas da nVidia.
É isso ae pessoal… Vocês estão um passo mais próximos.

Agora, dá licença que eu vou jogar DiRT2 com DirectX 11
Abraços a todos e não esqueçam de comentar/assinar meu feed RSS.





Unboxing da Semana: XFX Radeon HD4890.

6 01 2010

Por Henrique Neto

Pois é galera.
Nem todo mundo opta em partir para o DirectX 11.

Na verdade, muita gente que eu conheço prefere optar por uma placa mais parruda da geração anterior a seguir para uma HD 5750 (HD4850 fail cover).
Esta foi a “solução” de enviado rementente do unboxing dessa semana.

Cansado de sofrer nas garras da nVidia da sua velha GeForce 9600GT e aproveitando o embalo do upgrade geral no PC, ele resolveu investir uma graninha a mais e pegar uma Radeon HD4890.
Não há muito o que falar. Todos já conhecem a fama da “antiga” HD4890.
1gb de GDDR5, clocks de 850/975 (gpu e memória respectivamente) e temperaturas baixas… as vezes sinto falta da minha 4890.

Enfim galerinha.
Fica ai o video curtinho que ele fez (ele tava timido e a “patroa” dele que tava gravando).
Aproveitem.

PC Pwnage – Unboxing XFX Radeon HD4890.

Pois é galera! Se tudo der certo, benchmarks virão em breve.

Quero aproveitar e agradecer ao meu amigo Patrick (a.k.a. PTK) por ter perdido dedicado um pouco do seu tempo gravando esse unboxing para o amigo chato e pentelho blog.

Não posso deixar de lembrar que se você deseja colaborar com a PC Pwnage, sinta-se a vontade de enviar seus videos através da página de contato do blog informando seu nome, idade e como conheceu o blog.

E é isso… Abraços a todos e não esqueçam de comentar/assinar meu feed RSS.

Na verdade, muita gente que eu conheço prefere optar por uma placa mais parruda da geração anterior a seguir para uma HD 5750 (HD4850 fail cover)





Primeiro post da nova década. DirectX 11 em toda sua glória.

3 01 2010

Por Henrique Neto

Pois é galerinha.
A nova década chegou. Só não sei exatamente como chama-la.
Década de dez?!

Enfim…
Fiquei um tempo afastado do blog aproveitando minhas pseudo-férias do trabalho e aproveitando esse tempo para tirar o atraso me dedicar a uma série de jogos que tenho aqui na minha lista de “must-play”.

Devo dizer…
Foram férias bem produtivas, pelo ponto de vista gamer é claro.
Left 4 Dead 2, Team Fortress 2, Dragon Age (overrated), Batman: Arkham Asylum, The Saboteur, Borderlands (online, óbviamente) e é claro, não posso esquecer, a minha “menina dos olhos”: DiRT 2.
Aproveitando que citei DiRT 2, tive tempo de gravar um videozinho para o meu canal do YouTube demonstrando o DirectX 11 em toda sua glória.

Isso mesmo…
Vou encher o saco de vocês com uma demonstração chata pra cacete do DiRT 2 com DirectX 11 mesmo e não ligo! hehe…
Brincadeiras a parte, devo explicar que tal post tem o seu por causa que porquê.

Pois bem.
O que muda na combinação DirectX 11 + DiRT 2?
Que tal… TUDO?
Sim…
Desde as texturas do terreno (sim, as pedrinhas no chão e etc) até os efeitos de iluminação.

Bandeiras, texturas mais detalhadas e platéia mais realista: Mágica do DirectX 11.

Enfim… Assistindo o video provavelmente vocês notarão alguma das diferenças, sendo as principais, os efeitos de física nas poças d’agua, os efeitos de luz do faróis dos carros e a poeira que os carros levantam (que acreditem ou não, é mais detalhada em DirectX 11, passando a impressão de ser mais densa).

Segue abaixo o video galera.
Sintam-se a vontade de deixar seus comentários/críticas/reclamações/elogios/dúvidas/xavecos/cantadas.

HD5870 Gameplay – DiRT 2 ULTRA Settings + DirectX 11

Abraços a todos e não esqueçam de comentar/assinar meu feed RSS.